Aegea pontua no ranking de saneamento

Da Redação – 23.04.2018 –

Empresa universalizou serviço de esgoto em Piracicaba (SP) e destaca-se pela redução de perdas em Campo Grande (MS)

Divulgado na semana passada pelo Instituto Trata Brasil, em parceria com a GO Associados, o Ranking do Saneamento Básico cobre o status atual das 100 maiores cidades brasileiras. A Aegea pontuou bem na lista, com destaque para Piracicaba, no interior de São Paulo, onde atua há quatro anos por meio uma Parceria Público-Privada (PPP). A cidade ocupa o primeiro lugar em coleta e tratamento do esgoto. Em 2016, houve um investimento de R$ 144 milhões no processo, sendo um dos maiores aportes per capita do país.

“O esgotamento sanitário brasileiro é o mais deficitário dentre os índices de saneamento no Brasil. É nítida a necessidade de investimentos neste quesito e, a exemplo da atuação da Aegea em Piracicaba, a ampliação das PPPs pode ser alternativa para os avanços nesse sentido”, argumenta o vice-presidente de Relações Institucionais da Aegea Saneamento, Rogério Tavares.

Em dois anos de operação no município de Piracicaba, a concessionária da Aegea investiu R$ 130 milhões no sistema de coleta e tratamento de esgoto. Entre as melhorias estão a construção, ampliação e modernização das Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) e da rede, e implantação de mais de 20 mil metros de rede coletora. Devido a esses esforços, 35 milhões de litros de dejetos deixaram de ser lançados, diariamente, no principal rio da cidade.

Concessionária usa software para controle de perdas 

Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, é outra operação da empresa e ficou entre os cinco municípios com menor índice de perdas na distribuição de água: 19,42%. De acordo com a Aegea, a concessionária da cidade criou, em 2006, o Programa de Redução de Perdas, no município, quando o índice alcançava 56%.

A companhia também tem realizado esforços significativos para mitigar as perdas de água na distribuição dos municípios onde está presente. Para contribuir no combate ao problema e levar mais eficiência às operações, a Aegea criou o primeiro núcleo de Gestão e Controle de Perdas (GCP) que, por meio de softwares, faz o acompanhamento centralizado e remoto de toda a rede de distribuição de suas concessionárias. A central faz a análise crítica dos dados e informações coletados, permitindo a correção de possíveis falhas, em tempo real.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *