Aplicativo que mapeia rede externa ganha prêmio de inovação da Comgás

Da redação – 07.06.2016 – 

Programa foi desenvolvido por dois profissionais e levou a premiação na categoria Geral. Concessionária também escolheu melhor proposta na categoria Estudante.

Dois profissionais de São Bernardo do Campo (SP) foram os vencedores do Prêmio Comgás de Inovação na categoria Público em Geral. Iran Mariano e Sandra Cordeiro desenvolveram um aplicativo quem permite que pessoas autorizadas (funcionários, terceiros e concessionárias) utilizem um sistema de localização da rede Comgás. O software poderá ser usado no trabalho de campo e agregaria informações precisas como profundidade da tubulação, pressão da rede, entre outros.

A premiação também incluiu outra categoria, a de Estudantes. Nesse caso, o vencedor foi  Renan Patrício, morador de Taubaté. O garoto, de 14 anos, lançou a ideia de um “Sistema Racional de Aquecimento de Água”, com o objetivo de permitir que um chuveiro utilize energia e aquecedores a gás, diminuindo o tempo de aquecimento e eliminando o desperdício do insumo.Citygate1

“O Prêmio tem o intuito de oferecer oportunidades para a sociedade e trazer novas ideias para a Companhia na aplicação do gás natural em diversas vertentes de atuação. Acreditamos muito na força da inovação. Em pensar diferente. Acreditamos que a inovação está em todo lugar”, comentou Nelson Gomes, diretor-presidente e de Relações com Investidores da Comgás.

Segundo a concessionária, os vencedores foram escolhidos entre as 10 ideias selecionadas das 119 inscritas no site da Comgás. Os finalistas tiveram um dia de coaching para aprofundamento, aprimoramento e elaboração de um vídeo de apresentação dos projetos. A escolha dos vencedores contemplou a votação dos próprios finalistas, nas ideias concorrentes, além dos funcionários da Comgás e de uma banca de especialistas composta por representantes da Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp), Secretaria de Energia e Mineração do Estado de São Paulo, entre outros.

O evento contou com a participação do secretário de Energia e Mineração, João Carlos Meirelles. “O que me surpreendeu foi a pluralidade da abrangência das ideias. Nesse momento precisamos disso, da junção de talentos e dessa provocação em ser um modelo de inovação. Precisamos incluir o gás na matriz energética brasileira. Utilizarmos o insumo como suporte para energias renováveis “, comentou Meirelles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *