Atlas Copco desenvolve novo compressor para plataforma de petróleo na Bacia de Campos

Da Redação 19.08.2015 –

Compressor de ar ZT 160 FF da Atlas Copco, desenvolvido no Brasil (foto: divulgação).
Compressor de ar ZT 160 FF da Atlas Copco, desenvolvido no Brasil (foto: divulgação).

Equipamento ZT 160 FF foi criado especialmente para suprir demanda de ar comprimido da plataforma que sofria com falta de espaço para novos compressores.

Em plataformas de produção de petróleo, o ar comprimido é utilizado para a limpeza e pressurização de tubulações e tanques de armazenamento. Válvulas, atuadores e outros componentes também precisam de ar comprimido para seu funcionamento. Por ter essa importância dentro do processo produtivo, uma plataforma da Bacia de Campos (localizada no litoral sudeste do Brasil) precisava de mais ar comprimido, mas tinha como problema a falta de espaço para instalação de um novo compressor na sala de máquinas.

O desafio foi repassado para a Atlas Copco que desenvolveu, no Brasil, o primeiro projeto Offshore para um compressor resistente ao tempo e com conceito de mobilidade. Segundo Marcelo Pereira Moura, Gerente de Desenvolvimento de Negócio – Óleo e Gás da Atlas Copco, o cliente precisava de um compressor que resistisse ao tempo e ao ambiente marítimo. Para isso, foi desenhada uma carenagem especial que garante proteção ao compressor contra intempéries, além de uma pintura em alta espessura para suportar a maresia.

O equipamento pesa mais de 10 toneladas e é possível transportá-lo para outras plataformas a partir de içamento. Outro diferencial desse projeto é a possibilidade de acionamento por motor a diesel em casos de falta de energia. Segundo Moura, o compressor já foi entregue. “Este é o primeiro projeto com essas características desenvolvido pela Atlas Copco no Brasil e é 100% nacional, o que nos enche de orgulho”, finaliza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *