Bacia do Rio Paraíba do Sul ganha centro de pesquisas em saneamento

Da Redação – 06.06.2018 –

Dados da Agência de Bacias Pioneira na Gestão de Águas (Agevap) apontam que 90% dos municípios da bacia hidrográfico do Rio Paraíba do Sul não têm estação de tratamento de esgoto. Além disso, há desmatamento e problemas estruturantes, como a baixa capacidade gerencial dos municípios, especialmente dos de pequeno porte, para solucionar questões relacionadas a saneamento ambiental e preservação de recursos hídricos. Por esse motivo o Parque Tecnológico São José dos Campos (PqTec) e a Agevap coordenaram a criação de um Centro de Desenvolvimento Tecnológico em Águas e Saneamento Ambiental para promover pesquisas e projetos de inovação para a região.

O CDTASA deve fomentar pesquisas e realizar projetos de inovação que resultem em benefícios para a Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul, a maior da região Sudeste e que abastece 184 municípios de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, num total de 23 milhões de pessoas.

O Centro será coordenado pelo Parque Tecnológico São José dos Campos (PqTec) e Associação Pró-Gestão das Águas da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul (Agevap), com participação do Comitê de Integração da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul (CEIVAP) e de instituições de ensino e pesquisa como Unesp, Fatec São José dos Campos e Escola Politécnica da USP. A prefeitura de São José dos Campos também é signatária deste centro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *