BH Airport tem plano arrojado para Minas Gerais

Da redação – 31.03.2016 – 

Ideia da concessionária do aeroporto internacional de Belo Horizonte é transformá-lo num dos principais hubs de carga do país, inclusive otimizando a movimentação do Vale da Eletrônica do interior do estado. 

Conhecido em priscas eras como Aeroporto de Confins, a principal porta de entrada via aérea da capital mineira poderá agora se transformar num dos principais hubs de carga do país. O plano arrojado é da concessionária BH Airport, que administra a instalação. Hoje, o aeroporto possui uma malha com 46 destinos domésticos e internacionais e serviços de alfândega e de liberação de carga realizados pela Receita Federal.

A meta é avançar em várias frentes para dar um upgrade ao aeroporto e, segundo a BH Airport Cargo, oferecer novas soluções logísticas para setores industriais do interior de Minas Gerais. Para isso, ela deve trabalha em parceria com as empresas aéreas que operam no aeroporto, aumentando a oferta de rotas e transformando a instalação num centro de exportação e importação de cargas.

Na estratégia da BH Airport está incluída a atração de cargas de alto valor agregado e baixo volume, como é o caso da produção do Vale da Eletrônica, no sul de Minas Gerais, que atualmente utiliza o modal rodoviário e aéreo.

Além da oferta de novas rotas para o interior, a BH Airport Cargo oferece preços competitivos, capazes de atrair setores industriais estratégicos como o setor de eletroeletrônicos, de Ciências da Vida (biotecnologia, farmacêuticos e equipamentos médicos), peças automotivas e equipamentos de mineração.

A lista de investimentos inclui a implantação do conhecimento de transporte aéreo ou AWB, da sigla em inglês, em uma documentação eletrônica e já alinhada com as demanda da IATA, associação internacional que rege o transporte aéreo.

A concessionária também deve implantar a certificação OEA (Operador Econômico Autorizado). Outras duas iniciativas fecham o circuito de melhorias: a ativação de uma nova câmara refrigerada e o projeto e desenho de um novo layout do Terminal de Cargas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *