Brasil poderá ter novas fontes de financiamento para infraestrutura

Da Redação – 13.10.2015 – 

Dinheiro externo deve ser viabilizado via emissão de debêntures do Banco Mundial.

Com o lançamento de uma debênture para empreendimentos nas áreas de rodovias, ferrovias, portos e aeroportos, o Banco Mundial poderá dar sua contribuição à área de infraestrutura no Brasil. Essa é a avaliação do portal EBC em reportagem publicada no final da semana passada. A principal origem do capital a ser investido viria de fundos de pensão internacionais.

A debênture foi apresentada em Lima, no Peru, no último dia 09, sendo uma das atrações do encontro promovido pelo FMI e pelo Banco Mundial e que se encerrou no domingo, dia 11.

No caso do Brasil, segundo a EBC, o projeto será iniciado nos próximos meses, como forma de aumentar o financiamento para concessões do Programa de Investimentos em Logística (PIL) do governo federal. Na primeira fase, o Banco Mundial liberaria US$ 500 milhões no projeto, que terá a possibilidade de participação de outras agências multilaterais de fomento, como o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Embora o Ministério da Fazenda não tenha detalhado a estrutura de pagamento da debênture, os investidores que comprarem os papéis receberão juros atrelados ao rendimento do projeto, durante a construção e a exploração do empreendimento. Em caso de calote, segundo a EBC, os credores poderão, em último caso,  tornar-se donos do empreendimento.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *