Camargo Corrêa Infra integra BIM até para as equipes de campo

Redação – 21.08.2019 –

A empresa de construção pesada Camargo Corrêa Infra adotou metodologia de BIM (Building Information Modeling) fornecida pela Autodesk para melhorar a atividade de suas equipes de campo em canteiro de obras. Agora, os agentes podem consultar projetos executivos em terceira ou quarta dimensão diretamente de tablets e smartphones.

Para a Autodesk, a solução, denominada BIM 360, permite a democratização do BIM, uma vez que todas as equipes envolvidas na obra integram uma rede de colaboração e resolução das principais questões que afetam a produção e avanço do cronograma.

Por meio do BIM, a equipe jurídica pode ter acesso a uma obra em andamento para resolver alguma questão da sua área, por exemplo, ou os responsáveis pela área socioambiental podem checar e atualizar algum dado em tempo real. O profissional que coordena a obra em campo também é treinado para acessar o projeto e lidar com todos os detalhes da sua complexidade. Ele também se comunica diretamente com a equipe no escritório da empresa, reportando em o andamento da obra.

Como benefício imediato dessa prática, Januário Dolores, presidente da Camargo Corrêa Infra, destaca a capacidade de produzir de forma mais barata e eficiente, além de maior transparência. “Hoje, este modelo de uso do BIM já está presente em seis projetos da Camargo Corrêa Infra, entre eles a estação Morumbi do Metrô paulistano e a linha do BRT de Salvador. O BIM 360 se tornou a plataforma de partida para a obra ser operada”, diz.

Atualmente, a Camargo Corrêa Infra conta com quase 100 profissionais utilizando o BIM 360, acessando cerca de 11 mil documentos, entre projetos executivos, instruções de trabalho e normas técnicas. Há mais de duas mil listas de verificação de qualidade e socioambiental; além dos modelos 3D e 4D por meio de tablets e smartphones.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *