Campinas pode receber verbas para tratamento de esgoto

Da Redação – 15.03.2016 –

Cidade foi inscrita no Programa de Despoluição de Bacias, da Ana, e pode ser beneficiada ainda neste ano, se houver verba.

A “capital do interior paulista”, Campinas, foi incluída no banco de projetos do Programa de Despoluição de Bacias Hidrográficas (Prodes), conduzido pela Agência Nacional de Águas (Ana). Se a agência ligada ao governo federal tiver verbas, como ela mesmo declara em nota oficial, a cidade pode receber projeto de despoluição de esgotos via a Estação de Tratamento Boa Vista.

Assim como Campinas, a cidade de Águas Lindas (GO) foi inscrita no programa por meio de uma resolução publicada no início deste mês.

Segundo a Ana, esse programa se refere a uma espécie de “de compra de esgoto tratado”, uma vez que paga pelo processo realizado ao invés de financiar obras ou equipamentos.

A classificação dos empreendimentos leva em conta fatores como o porte e a eficiência do processo, a localização das estações em regiões que contavam com comitês de bacias instalados e em pleno funcionamento até 31 de dezembro de 2014, a localização em bacias prioritárias (São Francisco, Doce, Paraíba do Sul, Paranaíba e Piranhas-Açu) e a localização em municípios considerados em situação crítica em relação à qualidade da água.

De acordo com a ANA, desde seu início, em 2001, o Prodes já contratou ou selecionou para contratação 80 empreendimentos que atenderão a cerca de 9,3 milhões de brasileiros quando estiverem em pleno funcionamento. Enquanto a ANA já disponibilizou aproximadamente R$ 389 milhões pelo esgoto tratado, tais recursos teriam alavancado investimentos de aproximadamente R$ 1,5 bilhão por parte dos prestadores de serviços de saneamento na implantação ou ampliação das estações de tratamento de esgotos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *