Campo Grande amplia programa tapa-buraco com R$ 20 milhões

Da Redação – 20.04.2017 –

Capital sul-mato-grossense divide investimento com o governo do Estado.

A parceria entre a prefeitura e o Estado do Mato Grosso do Sul para a operação tapa-buraco em Campo Grande chegou ao patamar de investimentos de R$ 20 milhões no mês passado. Segundo Rudi Fiorese, secretário municipal de infraestrutura e serviços públicos da capital sul-mato-grossense, a parceria preve investimento total de R$ 50 milhões, mas até agora os trabalhos estão na cifra já citada de R$ 20 milhões, sendo que metade é proveniente do Estado e metade da prefeitura.

Com isso, garante o secretário, a intenção é ampliar as frentes de trabalho para 30. “Quando assumimos estávamos com duas frentes, agora temos 20 equipes e nossa meta é chegar a 30 com esse primeiro repasse do governo”, disse. O repasse de R$ 10 milhões foi dividido em quatro parcelas e deverá ser disponibilizado conforme o cronograma do município.

“É indiscutível que Campo Grande precisa de um grande trabalho de recapeamento, temos um grande número de pavimentos com a vida útil vencida e que não receberam recape por falta de recursos e por outros fatores. No entanto, não temos recursos pois seriam necessários R$ 2,5 bilhões para isso, então o que pode e deve ser feito no momento é o tapa-buraco”, disse.

Segundo Fiorese a prioridade neste momento são as vias de fluxo intenso, principalmente as de transporte coletivo. “Porque precisamos colocar Campo Grande em situação de normalidade, nossa meta é tapar 2 mil buracos por dia e vamos fazer isso com esses R$ 20 milhões”, pontuou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *