Cargill vai ampliar fábrica de óleos vegetais para aumentar produção de biodiesel

Por João Monteiro 26.06.2015 – 

Cargill_3Lagoas__089

Fábrica da Cargill em Três Lagoas (MS). Foto: divulgação Cargill

Empresa recebeu autorização ambiental para iniciar obras, previstas para finalizar em 2017.

A Cargill Agrícola recebeu autorização ambiental para ampliar a fábrica de óleos vegetais em Três Lagoas (MS). Com um investimento de R$ 240 milhões, a ampliação aumentará a produção de biodiesel e vai implantar uma refinaria de glicerina (utilizada em aplicações industriais), além de reformar os terminais ferroviário e hidroviário, aumentando o escoamento dos produtos.

Segundo a Cargill, o crescimento do mercado nacional de biodiesel foi a causa da ampliação. A fábrica, que hoje opera a 80% de capacidade, processa 2,1 mil toneladas diárias de grãos de soja e 700 mil litros/dia de biodiesel. Com a reforma, a capacidade de processamento será de 3,2 mil ton/dia e de produção acima de 1 milhão de L/dia.

Na fabricação de biodiesel também se obtém glicerina, material utilizado em aplicações industriais. A nova refinaria do produto vai fornecer 80 toneladas por dia de glicerina com 99% de pureza e atenderá às indústrias de cosméticos, alimentos e bebidas.
A ampliação dos terminais ferroviário e hidroviário, o primeiro escoando o biodiesel e o segundo o farelo de soja, ainda está em fase de aprovação interna.

Licença ambiental

A Licença de Instalação LI n° 84/2015 foi concedida pelo Instituto de Meio Ambiente do Mato Grosso do Sul (Imasul), tendo como base o Estudo de Impacto Ambiental e o Relatório de Impacto Ambiental (EIA-RIMA), que avaliaram as interferências sociais, econômicas e ambientais do empreendimento na região, além de audiência pública realizada em Três Lagoas em 2014.

Deixe uma resposta

*

Este post foi visto 1931 vez(es).