Comunicação óptica pode substituir telefonia celular

Da Redação – 09.01.2018 –

Empresa americana, especializada em tecnologia de iluminação, apresenta a alternativa que também pode ser usada em realidade aumentada

A californiana SureFire acaba de oficializar sua plataforma Aron, sigla para transmissão limitada óptica por realidade aumentada, um nome levemente complicado, mas uma ideia revolucionária: substituir as atuais redes de telefonia celular por canais de comunicação óptica, ou seja, canais de luz. Na prática, o Aron permitiria a criação de um canal de comunicação que não depende da internet e nem de redes celulares. Como: explorando as ondas luminosas infravermelhas. A novidade está sendo apresentada nessa semana na Consumer Electronics Show (CES) de 2018 em Las Vegas.

“Durante anos temos buscado oferecer comunicações ópticas em espaço livre para o consumidor”, disse Narkis Shatz, chefe de programa da SureFire e um dos criadores do Aron. Segundo ele, a tecnologia é uma alternativa e um complemento às ondas de radiofrequência que são atualmente utilizadas pelos dispositivos móveis e pelos smartphones em todo o mundo e transmite dados através de uma combinação patenteada de sinais e beacons ópticos.

Resumidamente, o Aron permite o envio e recebimento de qualquer tipo de informação digital, inclusive vídeo em alta definição. É 300 vezes mais eficiente em termos de energia do que o Wi-Fi e pode funcionar utilizando energia solar, indica a SureFire. A plataforma pode ser ativada em smartphone ou em um automóvel, oferece instalação e utilização pouco onerosas. “Com capacidade de integração e personalização praticamente ilimitada, incrementa a experiência de realidade aumentada como nenhuma outra tecnologia móvel existente atualmente”, argumenta a empresa em documento oficial.

A base científica do Aron remete-se ao fotofone de Alexander Graham Bell. Desenvolvida e otimizada pela SureFire durante os três últimos anos, a tecnologia estabelece níveis de alcance, taxa de dados e miniaturização “jamais obtidos no campo das comunicações ópticas em espaço livre para os consumidores”, na avaliação da companhia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *