Copel inicia construção de complexo eólico de R$ 411 milhões no RN

Redação – 12.01.2021 –

A Copel a construção do Complexo Eólico Jandaíra, no Rio Grande do Norte. O projeto, que já conta com as licenças ambientais de instalação, deve absorver R$ 411 milhões em investimentos e gerar aproximadamente 700 empregos diretos e indiretos durante o período de implantação.

Ao todo, serão instalados 26 aerogeradores divididos em quatro parques eólicos nos municípios de Jandaíra e Pedra Preta. A potência somada será de 90,1 megawatts (o suficiente para atender ao consumo de aproximadamente 250 mil pessoas).

Segundo a Copel, também serão construídas uma subestação e uma linha de transmissão de 16 km para escoar a energia gerada para o Sistema Interligado Nacional (SIN).

Na primeira etapa, as equipes vão se concentrar nos serviços de terraplanagem, preparação da área do canteiro de obras e mobilização de equipamentos. Ainda em janeiro, começam as atividades de retirada de vegetação, limpeza e abertura de acessos aos locais onde serão instalados os aerogeradores, além dos trabalhos de instalação da Subestação Jandaíra (230 kV).

O novo Complexo deve começar a gerar energia elétrica em julho de 2022. A futura produção foi vendida pela Copel pelo preço de R$ 98,00 o MWh no leilão de energia nova A-6, promovido em outubro de 2019 pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Os contratos terão 20 anos de duração e o início do fornecimento está previsto para 2025.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *