Electrolux economizou 50% de água e 25% de energia em sete anos

Da Redação 24.06.2015 –

Números correspondem a produtos fabricados entre 2008 e 2015 nas fábricas de Curitiba (PR), São Carlos (SP) e Manaus (AM).

A Electrolux economizou 50% de água e 25% de energia por produto fabricado entre 2008 e 2015. De acordo com a empresa, isso só foi possível aliando novos métodos produtivos com campanhas para conscientizar os colaboradores, como o CIP (Programa de Melhoria Contínua, em português) e o Conceito de Desenvolvimento Sustentável lançado mundialmente em 2009. Além disso, em 2012, a Electrolux trabalhou em parceria com a WWF para fazer uma avaliação na água das unidades fabris da linha branca.

Um exemplo reside na planta de São Carlos (SP), onde a empresa diminuiu em 5% o consumo de kWh/unidade devido ao programa de redução de consumo de energia e água implantado em 2013, alcançando esses resultados sem perder volume de produção. Isso foi possível monitorando o uso de gás, água e energia elétrica, permitindo identificar as áreas com maior consumo na fábrica, além da instalação de telhas translúcidas que permitem iluminação natural e o controle no uso do ar condicionado.

A atuação dos funcionários da unidade também foi fundamental, ao serem incentivados a dar sugestões de economia através do CIP. O programa traz diferentes atividades com foco na reutilização de água usada em diversos setores da empresa, como banheiros e jardins, além de melhorias contínuas na redução de energia, trocando lâmpadas por modelos mais eficientes, por exemplo.

A importação de um desengraxante desenvolvido pela Henkel, reduzindo em até 70% o consumo de energia e até 25°C a temperatura média usada em uma etapa do processo produtivo de eletrodomésticos nas unidades de Curitiba (PR), São Carlos (SP) e Manaus (AM), é outra iniciativa sustentável da empresa. A solução atua no processo de descarte de óleos que envolvem as chapas metálicas usadas na produção da linha branca da Eletrolux. Outro ganho foi a eliminação do elemento químico boro na produção, que exigia controle e monitoramento constantes, melhorando a qualidade da água descartada na estação de efluente e reduzindo a agressão ao meio ambiente.

A Electrolux pretende reduzir em até 15% o consumo total de energia e em 20% o consumo de água em todas as fábricas, ainda em 2015. Para isso, a companhia pretende ficar atenta a novas tecnologias e parceiros estratégicos que possam ajudar a alcançar esse objetivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *