Eletrobras terá transformadores com óleo de babaçu

Da Redação – 06.02.2017 –

Tecnologia está sendo desenvolvida no Piauí como projeto de pesquisa desde o ano passado.

A Eletrobras Distribuição Piauí vai utilizar o óleo do coco babaçu como líquido isolante em transformadores de sua rede elétrica, substituindo o tradicional óleo mineral. O projeto é uma iniciativa da concessionária, em parceria com a Universidade Federal do Piauí (UFPI), onde devem ser montados oito transformadores com diferentes potências pela empresa Romagnole, do Paraná.

Iniciado em 2016 e com investimentos de pouco mais de R$ 1 milhão, o projeto faz parte do programa de P&D definido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). O estudo já tem o precedente de dois protótipos em pleno funcionamento desde 2011 em Teresina, capital do Piauí: um nas proximidades da Universidade Federal e outro no Bairro Acarape.

“O óleo de coco de babaçu é um produto renovável, não tóxico e tipicamente regional, que irá promover uma cadeia de geração de emprego e renda para o estado”, afirma Ribamar Lima, gerente do Departamento de Eficiência Energética da Eletrobras Distribuidora. “Após vários estudos e ensaios técnicos o produto foi patenteado. A Eletrobras poderá utilizar o óleo em larga escala nos transformadores de distribuição de energia elétrica”, argumenta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *