Em casa, na rua ou no escritório: o Trabalho Híbrido é a nova realidade corporativa

Rodrigo Conceição Santos (texto – InfraDigital*) – 11.01.2021 –

Podcast InfraDigital mostra como a multinacional Metso Outotec avança nesse novo modelo de trabalho e como a empresa especialista em conectividade, HPE-Aruba, viabiliza as soluções.

A máxima é que o modelo de trabalho nunca mais será o mesmo. Sim, a pandemia mudou as regras do jogo e, se antes havia algumas pessoas trabalhando em suas casas e outras em maior número nos escritórios, agora teremos essas mesmas pessoas trabalhando nos dois ambientes. Mais do que isso, há os trabalhadores de campo, que precisam de cada vez mais conectividade em atividades remotas como minerações, grandes obras de infraestrutura, redes de energia elétrica, de telecomunicações, etc.

No segundo episódio do Podcast InfraDigital, a HPE-Aruba pontua as tecnologias que viabilizam o trabalho híbrido, enquanto a multinacional finlandesa, com sede no Brasil, Metso Outotec, conta a própria experiência com o tema. Ouça aqui.

“O trabalho híbrido impõe condições de conectividade mais complexas do que o trabalho remoto, ao qual já estávamos mais habituados. Afinal, é preciso viabilizar os acessos tanto na corporação quanto na casa do colaborador ou mesmo no campo”, diz Anderson Brini, vice-presidente de serviços de suporte técnico da Metso Outotec para a América do Sul. Segundo ele, a situação é bastante complexa na Metso Outotec, já que 100% do pessoal administrativo passou a trabalhar de suas casas desde o início da pandemia, em março de 2020, e foi necessário ficar atento para as necessidades pessoais de cada um, pois nem todos tinham um ambiente adequado para trabalhar em suas casas.

Além das necessidades pessoais, os gestores lidaram com questões ligadas à comunicação pela internet, disponibilizando vários acessos a funcionários. “Temos demandas distintas para cada área de atuação. Na engenharia, por exemplo, os engenheiros precisam de acessos a projetos complexos e há toda uma questão de firewalls envolvida nisso, o que termina por consumir uma boa largura de banda larga. Para atender esse tipo de demanda, em alguns casos chegamos a disponibilizar links dedicados nas residências desses profissionais”, diz Brini.

Para Antenor Norara, country manager da HPE Aruba no Brasil, a experiência da Metso Outotec mostra que a rede de conexão se solidificou como pilar essencial para os negócios neste novo cenário do trabalho híbrido. “Mas a conectividade é apenas o primeiro obstáculo a ser vencido, e veremos avanços em breve nesse aspecto, principalmente com o 5G”, diz.

O trabalho híbrido tem outras variáveis e, antes de demonstrá-las, Nogara contextualiza que as companhias utilizaram o que tinham em mãos no primeiro momento de isolamento social imposto pela pandemia, mas que estão avançando para a melhor profissionalização desse modelo de trabalho. “A ergonomia dos colaboradores em suas casas passou a ser avaliada, assim como outros parâmetros de recursos humanos. Na parte de tecnologia, também está posto que os colaboradores não são necessariamente especialistas em TI e é por isso que as companhias agora buscam soluções de acesso simples para o colaborador, mas que, ao mesmo tempo, garanta segurança cibernética”, diz.

Para o especialista, a segurança nunca é uma equação de uma só variável e é por isso que a HPE-Aruba indica a estruturação desse processo desde o primeiro ponto de conexão, no computador ou smartphone, por exemplo, até a entrega dos dados no último ponto de data center.

Ouça o Episódio Trabalho Híbrido, do Podcast InfraDigital, e obtenha detalhes do que a Metso Outotec está fazendo e o que a HPE-Aruba indica para o sucesso nesse tipo de operação.

 

(*) O InfraDigital é um projeto comum de conteúdo do InfraROI e o do IPNews. Para informações sobre o formato, consulte Jackeline Carvalho (jackeline@cinterativa.com.br), Nelson Valêncio (nelson@canaris-com.com.br) ou Rodrigo Santos (rodrigo@canaris-com.com.br).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *