Empresas europeias criam gigante na área de aerogeradores

Da Redação – 08.10.2015 –

Associação entre Nordex e Acciona Windpower pode posicionar a empresa resultante como uma das cinco maiores fabricantes mundiais desse tipo de equipamento.

Uma dupla transação financeira marca a criação da nova fabricante na área de aerogeradores. A empresa espanhola Acciona foi comprada por 785 milhões de euros pela alemã Nordex. Ao mesmo tempo, ela torna-se acionista da nova corporação, detendo praticamente 30% das ações. Com a operação, a expectativa dos dois grupos é posicionar a empresa resultante como uma das cinco maiores entre os fabricantes mundiais de equipamentos para geração eólica instalados em terra (onshore).

Oficialmente, as empresas sinalizam que há uma complementaridade entre seus portfólios de tecnologia e de atuação mundial. A Nordex, por exemplo, tem uma presença consolidada no mercado europeu, enquanto a Acciona Windopower ocupa espaço e tem perspectivas de crescimento na América e em mercados emergentes.

A companhia espanhola possui fábricas nos Estados Unidos, Brasil e Espanha e constrói atualmente sua unidade de produção na Índia. Com isso, a empresa resultante da união das duas fabricantes nasceria com uma carteira de pedidos aproximada de 2,8 GW em todo o mundo.

Tecnologicamente, os aerogeradores da Acciona têm uma tecnologia e design orientados a projetos de grande envergadura, que requerem máquinas robustas e altamente eficientes, para áreas pouco povoadas. Por outro lado, os equipamentos da Nordex estão orientados a projetos eólicos em regiões com maior densidade populacional e locais com outros tipos de restrições.

“Nosso investimento na Nordex responde à estratégia de gerar valor no longo prazo. Estamos orgulhosos de criar com ela um grupo europeu líder na indústria eólica, com presença global e uma posição de mercado sólida e sustentável”, disse o presidente executivo da Acciona, José Manuel Entrecanales. De acordo com ele, a operação permite preservar o diferencial do modelo de negócios da divisão de energias renováveis da Acciona, cuja oferta integrada cobriria toda a cadeia de valor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *