Enel conclui programa de eficiência energética com investimentos de R$ 75,2 mi

Redação – 08.03.2021 –

A Enel Distribuição São Paulo investiu R$ 75,2 milhões na realização de 15 obras e projetos de eficiência energética nos 24 municípios da sua área de concessão. Os aportes ocorreram entre 2019 e 2020 e financiou a instalação de 2.591 placas solares, substituição de 608 mil lâmpadas antigas por modelos LED, troca de 16,7 mil geladeiras e 1,3 mil aparelhos de ar-condicionado mais modernos e econômicos. As ações atenderam clientes residenciais, comerciais, serviços e poder público atendidos pela Enel Distribuição São Paulo.

Os projetos foram financiados com recursos do Programa de Eficiência Energética, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Ao todo, eles proporcionam economia de 67.437 MWh/ano, o que seria suficiente para abastecer 28 mil residências em um ano com um consumo mensal de 200 KWh. Do ponto de vista financeiro, a economia prevista é de R$ 43,5 milhões na conta de luz dos clientes beneficiados.

Segundo os dados levantados pela concessionária, 77,6% dos investimentos foram realizados em ações voltadas aos clientes residenciais, totalizando R$ 57,6 milhões.

A concessionária também realizou cinco projetos voltados para o poder público, os quais totalizaram R$ 3,3 milhões em investimentos. Entre os destaques nesta linha estão as obras realizadas em dois prédios da Secretaria de Agricultura do Governo de São Paulo, que receberam, juntos, 730 placas solares e tiveram trocadas 10,6 mil lâmpadas.

Para estabelecimentos comerciais, foram destinados R$ 4,5 milhões. O valor foi dividido em quatro projetos, entre os quais esteve a substituição de 45 mil lâmpadas por LED e a troca do chiller da central de ar-condicionado no Hospital Geral do Grajaú, assim como o retrofit de 2,8 mil lâmpadas por LED na Santa Casa de Santo Amaro, ambos na capital paulista.

Por último, a companhia realizou ainda dois projetos de eficiência energético voltados para iluminação pública: um em São Bernardo do Campo, promovendo a troca de 1,722 mil lâmpadas, e um outro em São Caetano do Sul, com a substituição de 900 lâmpadas. As duas ações demandaram investimento de R$ 2,2 milhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *