Energia: país consumiu menos, mas consumiu melhor em 2015

Da Redação – 26.07.2016 –

Com a economia menos pujante, a energia total disponibilizada no país foi de 299 milhões de toneladas equivalentes de petróleo. Essa é uma medida que considera e equaliza vários tipos de energia. O que importa, contudo, é que o volume foi 2,1% menor que em 2014. A boa notícia é que, apesar de ter consumido menos energia, a representatividade das chamadas renováveis, como etanol e eólica aumentou.

Somente no ano passado, a energia eólica teve alta de 77,1% na geração, de acordo com o Relatório Síntese do Balanço Energético Nacional de 2016, produzido pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE). O bom desempenho do setor eólico contribuiu para que a participação de renováveis na matriz elétrica saltasse de 74,6% para 75,5%.

Na área de combustíveis, o consumo de etanol foi 18,6% maior, ao mesmo tempo que o de gasolina caiu 9,5%. Nesse caso, a análise é ampla e considera principalmente a redução de 2,6% no volume de transportes como influenciador dessa matemática, além do recuo no setor de automóveis.

O relatório completo pode ser visualizado gratuitamente neste link https://ben.epe.gov.br/default.aspx

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *