Engie Brasil Energia é eleita a melhor MidCap da América Latina

Redação – 30.07.2021 – CEO da companhia também conquista o primeiro lugar em ranking do mercado de capitais

A Engie Brasil Energia foi eleita a melhor MidCap do setor elétrico da América Latina no ranking divulgado pela revista Institutional Investor, publicação internacional que é referência no mercado financeiro global. O CEO da Companhia, Eduardo Sattamini, conquistou o primeiro lugar tanto na categoria Overall, quanto MidCap. O diretor Financeiro (CFO), Marcelo Malta, e o gerente de Relações com Investidores Rafael Bósio também ficaram entre os melhores executivos em suas áreas de atuação.

Ao todo, a Engie Brasil Energia conquistou destaque em 30 das categorias analisadas, sendo 1º lugar em 11 delas: melhor CEO (diretor-presidente), melhor profissional de RI (gerente de RI), melhor programa de RI e companhia com melhores práticas ambientais, sociais e de governança (ESG, na sigla em inglês). Tanto no ranking Overall, quanto MidCap, foi destaque ainda entre as empresas com os melhores CFOs, com Marcelo Malta, melhores times de RI e em Gestão de crises em meio à pandemia da COVID-19.

“Conquistar todas essas nomeações em meio a um contexto tão desafiador, tal qual o que estamos vivendo desde 2020, é extremamente relevante, pois reconhece os extraordinários esforços das nossas equipes”, destacou Eduardo Sattamini, diretor-presidente da Engie Brasil Energia. Segundo ele, a pandemia enfatizou a importância de se agir de maneira responsável socialmente não só como organização, mas como cidadãos e seres humanos. “Pela perspectiva de negócio, comprovou a resiliência dos nossos colaboradores, fortaleceu nossas parcerias de longo prazo e intensificou a digitalização, atributos que nos tornam ainda mais preparados para sermos protagonistas de um presente e um futuro mais sustentáveis”, completa.

Para a elaboração do ranking anual da Institutional Investor, a publicação realizou uma pesquisa com cerca de 500 gestores financeiros e analistas de mercados para definir as empresas, os CEOs, executivos e práticas de Relações com Investidores e ESG com o melhor desempenho na América Latina. Entre os atributos analisados estão a transparência e abertura de informações ao mercado, o acesso aos principais executivos, conferências estruturadas e construtivas, e capacidade de responder a demandas externas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *