Estaleiro pernambucano entrega navio bilionário

Da Redação – 04.05.2018 –

Embarcação é a primeira do tipo Pipe Laying Support Vessel produzida no estaleiro e vai começar a operar nos próximos meses

Maquete do Skandi Recife: investimento de R$ 1 bilhão e mais de 1,1 mil profissionais envolvidos

Batizado de Skandi Recife, o primeiro PLSV fabricado no estaleiro pernambucano de Vard Promar custou o equivalente a R$ 1 bilhão e envolveu uma mão de obra de mais de 1,1 mil profissionais. Com 140 metros de comprimento e 28 metros de largura, o navio foi encomendado pela Dofcom Navegação, consórcio de duas empresas, a DOF e a TechnipFMC. O Skandi Recife será usado no lançamento das linhas flexíveis que conectam os poços de petróleo às linhas de produção da Petrobras, o que explica sua sofisticação tecnológica.

O vice-presidente sênior de operações do Vard Promar, Ian Bronsten, pontuou que, mesmo com o setor naval ainda incipiente no Brasil, os trabalhadores do estaleiro entregaram um produto de alta qualidade. “Foi um excelente trabalho realizado. A construção naval no Brasil ainda é desafiadora, mas o Vard Promar trabalhará para encontrar novos trabalhos”, disse. Reforçando o que afirmou Ian, o vice-presidente sênior do Brasil, Guilherme Coelho, também exaltou a qualidade do Skandi Recife, ressaltando a complexidade da embarcação. “Entregamos o navio mais complexo e de maior valor agregado produzido no Brasil. Não há um outro lugar no País que possa produzir um navio como esse”, garantiu Guilherme.

About the Author

Related Posts

Deixe uma resposta

*

Este post foi visto 240 vez(es).