Fenasan trouxe novas tecnologias para mercado de saneamento

Da Redação 10.08.2015 – 

Soluções incluem desde sistemas anti-fraude a mecanismos de comunicação para coleta de dados on-line nas estações de tratamento.

Encerrada na semana passada, a Fenasan reuniu o ecossistema do saneamento ambiental brasileiro e trouxe várias novidades. É o caso do sistema de medição da Diehl Metering, com dispositivo que combate tentativas de fraude. Chamado de Hydrus, o medidor de água adota princípio ultrassônico de medição e não possui partes móveis. Com tecnologia embutida para medição remota (radiofrequência, saída pulsada em modo NPN ou via protocolo Mbus), o aparelho faz parte de um portfólio que inclui ainda o sistema de monitoramento de parque de hidrômetros.

A multinacional alemã Merck, por sua vez, focou na apresentação de soluções para teste e diagnóstico, incluindo os kits de reagentes. O sistema permite a aferição de resultados na hora no teste, o que leva a uma rápida resposta do sistema de purificação. De acordo com a fabricante, parte dessa solução são os espectrofotômetros Pharo 100 e Pharo 300, com recursos para análise de diversos parâmetros, incluindo como cloro e flúor, entre outros. Os kits são destinados às estações de tratamento de água e esgoto, caldeiras, laboratórios prestadores de serviços, indústrias alimentícias, farmacêuticas e químicas. Outro destaque da empresa é o Move 100, equipamento portátil para análises utilizado para controle de cloro residual.

Já a Schneider Eletric, especializada em gestão de energia e automação, mostrou a tecnologia de comunicação remota em DNP3, com armazenamento automático de dados (para o caso de perda de comunicação), fonte com bateria, datalogger IP68 a bateria, rádio Ethernet, sensor de pressão e inversor de frequência dedicado ao setor de saneamento. Para as estações de tratamento de esgoto, a multinacional apresentou um novo CLP, o Modicon M580 redundante. Na área de coleta de esgoto, a novidade é a solução com partida integrada de fácil conexão e configuração e um novo modem GPRS.

A GE, por sua vez, destacou o InSight, software desenvolvido pela sua divisão Water & Process Technologies, que permite a análise e controle de dosagem de químicos nas ETAs e ETEs. A plataforma recolhe dados das diferentes máquinas em campo e os envia para o Centro de Controle da GE, onde as informações são processadas e analisadas. Outra novidade da empresa é o S@n Box, dispositivo criado para automação de estações elevatórias de água e esgoto, além de reservatórios e válvulas redutoras de pressão. Trata-se de um controlador de alto desempenho, o qual, inclusive, gera um histórico de processamento para a área de supervisão das companhias de saneamento.

No caso da Veólia, a Fenanan foi o canal para divulgação das tecnologias Actiflo e Multiflo, que podem ser adotadas no tratamento de vários tipos de efluentes. A empresa também destacou a linha Elga Labwater, composta por ultrapurificador Puralab Flex.

About the Author

Deixe uma resposta

*

Este post foi visto 1129 vez(es).