Furnas finaliza recuperação das linhas de transmissão após a tempestade em Campinas

Da redação – 17.06.2016 –

Reativação da infraestrutura de transmissão foi finalizada nessa terça-feira e envolveu cinco linhas do estado de São Paulo. Primeira delas foi reativada em 06 de junho, um dia após o problema. 

LT Guarulhos Poços de Caldas, reativada nessa segunda, dia 13
LT Guarulhos Poços de Caldas, reativada nessa segunda, dia 13.

O temporal que deixou uma onda de devastação na região de Campinas não poupou a infraestrutura de transmissão de Furnas. Ocorrido no dia 5, ele exigiu o empenho da empresa que, somente nessa terça, finalizou o que ela chama de recomposição de torres. Segundo a companhia, o plano para atendimento a emergências foi acionado imediatamente após o registro da ocorrência, mobilização equipes de campo para o local. A mobilização envolveu mais de 100 pessoas, entre técnicos, engenheiros e pessoal de apoio, além de guindastes, retroescavadeiras, equipamentos de grande porte e infraestrutura para os trabalhadores.

No processo de recuperação, as torres danificadas foram removidas e as fundações reparadas. O trabalho envolveu ainda a montagem de novas torres e o reparo dos cabos. Resultado: a última linha de transmissão – ligando Campinas a Itatiba – e com capacidade de 500 kV foi energizada às 22h29 do dia 14. Um dia após a tempestade, na segunda-feira, 6 de junho, a linha de transmissão LT 345 kV, ligando Campinas a Araraquara já tinha sido energizada. O processo de reconstrução concentrou-se nas linhas LT 345 Kv Guarulhos – Poços (circuito 1) e LT 345Kv Campinas – Guarulhos, também reativadas na terça. Nessa segunda, dia 13, a A LT 345kV Guarulhos – Poços (circuito 2) foi energizada no final de tarde.

De acordo com Furnas, a liberação da última linha (Campinas – Itatiba) fez com que a empresa superasse a meta estabelecida para a correção do problema. Ainda de acordo com a companhia, “apesar da magnitude da ocorrência, os sistemas de proteção funcionaram corretamente e não houve interrupção no fornecimento de energia para o Sistema Interligado Nacional (SIN)”.

“As equipes de campo de Furnas estão de parabéns, mais uma vez deram conta do desafio, antecipando prazos e restabelecendo as linhas com segurança e eficiência. Temos muito orgulho de nossos profissionais de recomposição de torres” afirmou o diretor de Operações de Furnas, Ricardo Medeiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *