Gás natural doméstico pode substituir importado

Da Redação – 25.09.2018 –

ANP e EPE abrem consulta para uso da produção nacional

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e a Empresa de Pesquisa Energética (EPE) acabam de anunciar uma consulta pública sobre como substituir o gás natural liquefeito (GLN) importado pela produção nacional. O processo, tecnicamente chamado de Tomada Pública de Contribuições (TPC) foi aberto ontem (24) e vai até o dia 24 de outubro. AS ideia é receber sugestões de como o gás natural de produção nacional poderá entrar nos contratos de fornecimento futuro.

Diz a nota oficial conjunta da ANP e EPE: a “TPC tem por objetivo coletar dados, informações e evidências que contribuam para a análise da necessidade de mecanismos de substituição de GNL por gás doméstico quando projetos de produção estiverem concluídos, tendo em vista que podem contribuir para a redução dos custos de geração de energia elétrica, incluindo eventuais benefícios econômicos aos consumidores de energia”.

A consulta é aberta a órgãos e entidades dos poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos municípios, a todo mercado petrolífero, gaseífero e do setor elétrico, a consumidores, a segmentos técnicos, e aos diversos segmentos da sociedade civil.

Os documentos relacionados a esta TPC, assim como os procedimentos para participação estarão disponíveis, na íntegra, no endereço eletrônico: http://www.anp.gov.br/consultas-e-audiencias-publicas. As contribuições deverão ser encaminhadas para o e-mail troca_combustivel@anp.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *