“Gatos” em grandes consumidores de energia ganham novo inimigo

Da Redação – 17.09.2015 –

M2M Telemetria atualizou dispositivo que detecta fraudes e falhas na coleta de dados. Solução usa redes GPRS, 3G ou 4G.

As fraudes cometidas por grandes consumidores de energia contra as concessionárias – popularmente conhecidas como “gatos” – ganharam um inimigo reforçado. A M2M Telemetria, especializada em tecnologias de gerenciamento de equipamentos, lançou uma nova versão do dispositivo de telemedição usado para coletar dados de grandes consumidores. Chamado de RMT-5.0 4G, o equipamento é uma atualização da família RMT 5.0, anteriormente criado pela empresa. A diferença do novo dispositivo é que ele pode utilizar a rede 4G para o envio dos dados de mediação. O aparelho também deve ser usado para aferir os defeitos de medição que não são, necessariamente, irregulares.

O RMT-5.0 4G possui firmware atualizado para operar de forma mais eficiente em casos de instalação clandestina, segundo a M2M. Dados da Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee) indicam que, em termos de prejuízos, os ataques “felinos” causam uma baixa de aproximadamente R$ 8 bilhões no Brasil. Felipe Fulgêncio, CEO da M2M Telemetria, diz que o dispositivo, direcionado para concessionárias, proporciona uma forma precisa de detectar as chamadas perdas-não técnicas e reduzir desperdícios energéticos.

A solução transmite os dados de consumo registrados pelos medidores instalados nos clientes, usando para isso o módulo da Telit, desenvolvedora de tecnologias para Internet das Coisas (IoT). O RMT-5.0 4G também pode utilizar as redes GPRS e 3G, procurando automaticamente o melhor canal para enviar as informações, independente da presença ou não de infraestrutura 4G.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *