GE cria startup para concentrar área de energia

Da Redação – 13.10.2015

Current, a nova empresa, tem sede no Vale do Silicío. Com atuação global, companhia ainda não tem operações no Brasil.

Refletindo os novos tempos de integração inteligente, a GE criou a Current, uma startup para concentrar os negócios de iluminação por LED, soluções solares, armazenamento de energia e veículo elétrico da GE, tudo gerenciado pela plataforma de força industrial Predix. A meta? Identificar e oferecer soluções mais econômicas e eficientes em termos de energia. No comando da nova empresa está Maryrose Sylvester, que atuou como presidente e CEO da GE Lighting.

“A Current combina produtos e serviços da GE para eficiência energética, energia solar, armazenamento e energia no local, com as nossas capacidades digitais e analíticas para oferecer aos clientes – hospitais, universidades, lojas de varejo, e cidades – soluções de energia mais rentáveis”, disse Jeff Immelt, CEO Global da GE. A criação da companhia, de acordo com ele, reforça o compromisso da multinacional em desenvolver energia com foco em resultados personalizados para clientes comerciais e industriais, municípios e parceiros de serviços públicos.

A Current começará com mais de US$ 1 bilhão em receitas e aproveitará o legado em energia e tecnologia da GE. A oferta, na avaliação da empresa, também é diferenciada, em função de empacotar a energia como serviço, incluindo hardware habilitado para sensores, software, execução, gestão de produtos e soluções de financiamento.

Por meio do Predix, plataforma que concentra as soluções, a GE irá analisar o consumo de energia e fornecer aos clientes dados sobre padrões e necessidades, juntamente com recomendações para aumentar a eficiência – desde a redução dos níveis de energia até a geração de energia no local, criação de novos fluxos de receita para os clientes através da utilização de sensores e sistemas em rede em edifícios. As soluções avançadas, promete a GE, devem ajudar os clientes a economizar cerca de 10% a 20% em suas contas de energia, e ajudar os parceiros de serviços públicos a gerenciar melhor a sua carga distribuída.

“Mais uma vez, temos a oportunidade, com a Current como uma startup, para liderar outra mudança significativa no fornecimento de energia“, disse a vice-presidente da GE, Beth Comstock, cuja supervisão de Business Innovation engloba a Current e outros esforços de transformação.

Segundo a GE, alguns clientes como a Walgreens, Simon Property Group, Hilton Worldwide, JPMorgan Chase, Hospital Corporation of America (HCA), Intel e Trane, uma marca Ingersoll Rand, estão testando as soluções da Current para transformar suas operações, promover a eficiência energética e reduzir custos. A Current terá atuação global, mas ainda não há data prevista para início do trabalho para clientes no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *