Grupo Thá acredita na retomada de obras ainda em 2017

Da Redação – 07.06.2017 –

Construtora paranaense, que se define como a maior empresa de construção industrial do Sul do Brasil, ocupa a 15 posição no ranking do setor, segundo a revista O Empreiteiro. Nessa entrevista, Roberto Thá, diretor de Engenharia da empresa, fala da perspectiva de retomada de obras nesse ano. Com a crise, ele acredita que o investimento em prospecção de novos clientes. No mercado que ocupa, a construtora não fala em reposicionamento e sim em investimento no relacionamento com o cliente.  

Infraroi – Como vocês estão se reposicionando em relação às oportunidades de negócios abertas com a crise que atinge grandes grupos de construção civil?

Roberto Thá (RT): Não diria que seja um reposicionamento. A Thá Engenharia está intensificando ações comerciais, a equipe está muito focada em angariar e prospectar novos clientes, que podem gerar contratos interessantes para a empresa. Com as mudanças econômicas desencadeadas pela crise, o relacionamento com o cliente passou a ser nosso trunfo.

Infraroi – Que tipos de obras estão realizando?

RT: Nosso foco está em obras de incorporação (do próprio Grupo Thá e de incorporadoras parceiras) e também em obras de varejo e comerciais, como shoppings, hospitais, centros de distribuição e indústrias. Temos muito acesso a este perfil de obras por termos nossa expertise reconhecida nestes segmentos.

Infraroi – Há obras ou investimentos que não deixaram de ser realizados?

RT: Percebemos, com a crise do país, um declínio em todos os setores. Existem ainda muitos espaços vazios, pois os investidores estão mais cautelosos ao empreender. Em alguns casos, por exemplo, o investidor só libera a construção de um empreendimento caso já exista a garantia de locação do espaço, ou seja, já se tenha um cliente certo. Obras como hospitais e escolas também estão com dificuldades de aprovação de financiamento.

Infraroi – Como a Thá está se organizando para isso?

RT: Intensificamos nosso esforço comercial na prospecção de obras e levamos nosso trabalho a todo o Brasil com contatos e networking.

Infraroi – Como a tecnologia e novos processos pode ajudar?

RT: Hoje percebemos que a grande busca dos clientes é preço. Tecnologias e novos processos só serão aceitos se impactarem positivamente no custo final da obra. Temos orçamentos cada vez mais enxutos e clientes muito preocupados com redução de custos.

Infraroi – Há parcerias com outros grupos internacionais?

RT: Algumas obras da Thá Engenharia são de grupos internacionais, mas nada que caracterize uma parceria efetivamente.

Infraroi – E as perspectivas de retomada?

RT: Este ano trouxe mais surpresas na economia. Cada dia temos uma novidade e isso deixa ainda uma instabilidade no ar. Mas já percebemos que a procura por orçamentos tem aumentado e, com isso, aumentam também as perspectivas de fechamento de contrato e execução de obras. Esse ano já sinaliza uma retomada e estamos otimistas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *