Leilão de usinas amanhã pode render R$ 11 bi

Da Redação – 26.09.2017 –

Valor é referente à bonificação total de outorgas de quatro lotes, segundo Aneel

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) realiza o primeiro leilão de geração desse ano, envolvendo quatro lotes. O evento negociará as outorgas de concessão de quatro usinas hidrelétricas por um prazo de 30 anos. São elas: São Simão (GO/MG), Jaguara (MG/SP), Miranda (MG) e Volta Grande (MG/SP). A expectativa é arrecadar pelo menos R$ 11 bilhões e ganha quem oferecer o maior valor a partir do mínimo especificado. O evento acontece na BM&F Bovespa em São Paulo.

A usina hidrelétrica de São Simão é o destaque, com valor mínimo de bonificação da outorga de pouco mais do que R$ 6,7 bilhões. Com potência instalada de 1.700 MW, ela gera mais do que as outras três juntas. O contrato anterior de concessão foi finalizado em janeiro de 2015. Na sequência, a usina de Jaguara (424 MW), com mínimo de R$ 1,9 bilhão, e a de Volta Grande (380 MW), com mínimo de R$ 1,292 bilhão, puxam o processo. Ambas estão localizadas na fronteira entre Minas Gerais e São Paulo e usam o Rio Grande como fonte de geração.

A usina de Miranda (408 MW), instalada no Rio Araguari, em Minas Gerais, fecha o quarteto. Tem outorga mínima estabelecida em R$ 1,110 bilhão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *