Linha 5 do metrô de SP completa primeiro ano de operação com 143 milhões de passageiros

Redação – 13.08.2019 –

Operada pela ViaMobilidade, Linha 5-Lilás tem 17 estações em operação e realizou 200 mil viagens nos últimos 12 meses

O primeiro ano de operação comercial da Linha 5-Lilás totalizou 143 milhões de passageiros transportados na capital paulista. São cerca de 600 viagens em média por dia, ligando bairros populosos da zona sul ao centro da cidade. Pelo contrato, a ViaMobilidade tem outros 19 anos a frente da concessão, cuja infraestrutura atual inclui 20 km de extensão e 17 estações, com 24 trens circulando. O aumento de passageiros foi de 90% em um ano.

Segundo a concessionária, as obras de melhorias na estação Capão Redondo são uma das novidades para facilitar o fluxo de passageiros, atualmente em torno de 100 mil pessoas em dias úteis. Ao término das adequações, a capacidade de absorção do fluxo de passageiros vindos da rua crescerá 40%. Entre os serviços programados, estão a ampliação do espaço de entrada, implantação de uma passagem exclusiva para o terminal de ônibus e aumento do número de bloqueios (catracas) em 40%. A área de acesso à estação será ampliada em 63%.

Ainda como parte da readequação do acesso da estação, construída em 2000, a escadaria da calçada será substituída por uma rampa, com ligação direta à área dos bloqueios, para oferecer acessibilidade a pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Além disso, as máquinas de autoatendimento e recarga de bilhetes serão reposicionadas.

A previsão é de que as obras sejam concluídas na primeira quinzena de novembro deste ano. Não haverá impacto na operação da linha durante as intervenções, pois os serviços serão realizados em áreas segregadas ou no período noturno.

Além da Linha 5-Lilás, a ViaMobilidade detém a concessão da 17-Ouro de monotrilho. No caso da Linha 5-Lilás, a empresa tem investimentos previstos de mais de R$ 3 bilhões em manutenção, conservação, melhorias, requalificação, adequação e expansão das linhas ao longo do contrato.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *