Maioria dos executivos subestima transformação do 5G segundo consultoria

Redação – 26.02.2019 – 

Pesquisa da Accenture indica que 53% dos entrevistados avalia que a quinta geração possibilitará “bem poucas” coisas além do que já se pode fazer com as redes 4G.

Um levantamento com mais de 1.800 executivos de empresas de médio e grande porte em 10 países mostra que o 5G não está sendo bem avaliado quando ao seu poder de disrupção. Apenas 37% esperam que o 5G traga mudanças “revolucionárias” em termos de velocidade e capacidade, contra 53% que não veem o processo exatamente desse modo. Mesmo assim, 60% dos executivos acreditam que o 5G irá atingir praticamente todas as pessoas até o ano de 2022, e 70% esperam ter uma margem competitiva maior com seus clientes por causa das aplicações da tecnologia.

“Na verdade, o 5G trará uma onda relevante de conectividade, que abrirá novas dimensões para inovação e desenvolvimento comercial e econômico”, explica George Nazi, líder global da prática de Network da Accenture. “Revoluções em vídeos 3D, televisão imersiva, carros autônomos e infraestrutura para cidades inteligentes trarão oportunidades difíceis de imaginar hoje em dia, mas que, em pouco tempo, serão transformadoras. As empresas de telecom terão um papel central na hora de transformar essas perspectivas em realidade.”

O papel das empresas de telecom

Entre os executivos entrevistados, 72% precisam de ajuda para imaginar as possibilidades futuras e os diferentes usos do 5G. Já 40% citaram que as empresas de telecom estão entre os principais prestadores de serviços com quem planejam fechar parcerias em suas jornadas 5G. Ainda assim, 60% dos entrevistados admitem falta de conhecimento entre os prestadores de serviços de comunicação sobre os desafios que seus setores terão que enfrentar, como por exemplo as diferentes formas de aplicação da tecnologia 5G para inovar em cada um deles.

Os executivos também citaram uma série de barreiras percebidas para a adoção do 5G, incluindo o investimento inicial (mencionado por 36% dos entrevistados), segurança (32%) e apoio dos funcionários (29%). Se para 78% dos executivos o uso do 5G no ambiente de trabalho tornará seus negócios mais seguros, 32% têm dúvidas sobre os riscos da nova tecnologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *