Mercado potencial no Brasil: equipamentos para compactação de asfalto

Da redação – 01.04.2016 – 

Avaliação é da Sobratema, entidade que reúne fabricantes e construtoras. Segundo a entidade, percentual pequeno de estradas asfaltadas no Brasil é o principal indicativo de potencial.

As estradas pavimentadas representam entre 8% e 90% de toda a malha viária na Alemanha e na França. Nos Estados Unidos, o percentual cai para 65% e, na Índia, chega a 47%. Nossa vizinha Colômbia já asfaltou 40% de suas estradas. No Brasil, porém, o cenário muda: 87,6% do 1,7milhão de km de rodovias ainda é de terra, segundo a Confederação Nacional dos Transportes (CNT).

Os números podem ser vistos de várias maneiras, mas para os especialistas em equipamentos, o que se deduz é que há potencial sim para máquinas especializadas em compactação de asfalto. O assunto será tema do Sobratema Workshop, evento que acontece na próxima semana em São Paulo.

Segundo Juliano Gewehr, especialista de produto e engenharia de aplicação da Ciber Equipamentos Rodoviários (Wirtgen Group), o mercado brasileiro de compactação de asfalto se divide entre 70% de rolos de solos (cilindro único) e 30% de rolos de asfalto (cilindro duplo ou de pneus).

Os primeiros são os mais requisitados pelo fato de o Brasil ainda possuir pouca extensão de sua malha rodoviária pavimentada. “Assim, conforme o aumento do percentual de rodovias pavimentadas no país, a tendência é que a participação dos rolos compactadores de asfalto acompanhe esse crescimento”, avalia.

Baseado nos dados citados acima, o especialista avalia que haverá uma demanda de projetos e obras para o segmento rodoviário, o que significaria “oportunidades para a cadeia produtiva do segmento, em especial, para a indústria de equipamentos para a construção de rodovias e estradas de qualidade”, analisa Gewehr.

Ele destaca que o estudo da CNT estima que para solucionar todos os problemas da malha rodoviária nacional seriam necessários investimentos da ordem de R$ 293 bilhões em 618 projetos de infraestrutura. O tema será abordado no evento da Sobratem, além de assuntos como tecnologias, conceitos e tendências do segmento.

Gewehr, que será um dos palestrantes do seminário, destaca que o controle de compactação por meio de um sistema de leitura e mapeamento é uma tecnologia promissora, que deverá chegar em breve ao país e trará uma série de benefícios para o usuário.

Além da Ciber Equipamentos Rodoviários (Wirtgen Group), o segundo painel sobre compactação de asfalto, contará com as presenças de profissionais da Caterpillar e da Volvo Construction Equipment. No primeiro painel sobre compactação de solo estão confirmadas as participações de especialistas da Atlas Copco, da Bomag Marini, do Grupo Ammann e da XCMG Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *