Mesmo com crise e queda de preços, PetroRio lucra R$ 44,5 milhões no primeiro tri

Redação – 18.05.2020 –

Medidas para atingir resultados incluíram racionalização de custos, renegociação com fornecedores e postergação de alguns investimentos

A PetroRio registrou no primeiro trimestre indicadores positivos, como o aumento de produção e reservas e um EBITDA Ajustado de R$ 238,9 milhões – quase 12x acima dos R$ 20,2 milhões obtidos no mesmo período de 2019. O lucro líquido no período foi de R$ 44,5 milhões, apesar da queda dos preços do óleo e em meio à Covid-19.

O ajuste no EBDITA decorreu da estratégia da companhia de firmar contratos de hedge (proteção sobre oscilações de preços), com o objetivo de enfrentar o período de preços baixos, mantendo suas vendas efetivas de óleo a US$ 65 por barril – numa cotação muito superior à atual faixa de US$ 30 o barril.

Esses contratos geraram R$ 206,6 milhões de ganhos para a companhia nos três primeiros meses de 2020. Focada em uma gestão financeira prudente, a PetroRio fez hedge para parte das suas vendas do segundo trimestre, também com o preço a US$ 65 o barril.

“O modelo de negócios da PetroRio foi desenhado para assegurar à companhia resiliência em períodos de incerteza e volatilidade, desde sua implantação em 2015. Com ele, estamos aptos a atravessar, tanto momentos de forte expansão, como também momentos mais desafiadores, como o que encontramos hoje”, destacou Roberto Monteiro, CEO da PetroRio.

O executivo destaca ainda as medidas adotadas para fazer frente à crise gerada pela pandemia do Covid-19, como racionalização de custos, renegociação com fornecedores, postergação de alguns investimentos, redução em 50% do salários dos diretores e 25% dos colaboradores onshore.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *