Mina sueca testa caminhão totalmente autônomo a 1.320 metros de profundidade

Da redação – 14.09.2016 –

Modelo FMX, da Volvo, vai ser usado durante os próximos 18 meses na mina de Kristineberg, no norte da Suécia. Segundo a montadora, ela passa é a primeira fabricante do segmento a testar um caminhão autônomo em mina subterrânea.

Aberta em 1940, a mina de Kristineberg tem uma característica singular: é uma operação com presença de zinco, cobre, chumbo, ouro e prata. Agora, além de polimetálica, ela torna-se palco de uma experiência de internet das coisas (IoT). Nos próximos 18 meses, a Volvo vai testar o que ela chama de primeiro caminhão autônomo a operar regularmente numa mina subterrânea, no caso o modelo FMX. De acordo com a montadora, o veículo é parte de um projeto para o desenvolvimento de tecnologias que visam aprimorar o fluxo de transporte e a segurança em minas.

Durante o período de teste, o FMX vai percorrer um trajeto de sete quilômetros, alcançando uma profundidade de 1.320 metros que os túneis da mina atingem. De acordo com a fabricante, o veículo usa vários sensores para monitorar continuamente o ambiente à sua volta, evitando obstáculos fixos e em movimento. Ao mesmo tempo, um sistema de transporte a bordo coleta dados com a finalidade de otimizar e coordenar a rota e o consumo de combustível.

O caminhão faz parte de um projeto de desenvolvimento de tecnologias que visam aprimorar o fluxo de transporte e a segurança em minas, e está sendo testado em condições reais de forma inédita. “Este é o primeiro caminhão totalmente autônomo a operar em condições tão difíceis. É um verdadeiro desafio garantir que tudo opere milimetricamente certo a mais de 1.300 metros abaixo do solo,” diz Torbjörn Holmström, diretor executivo de Tecnologia do Grupo Volvo.

Para mostrar a operação, a fabricante sueca realizou um vídeo exclusivo do FMX. Durante as filmagens, Holmström mostra a segurança do caminhão, ao ficar na rota de movimento do veículo. “Eu tinha certeza que o caminhão pararia, mas é claro que senti um frio na barriga até o caminhão aplicar os freios”, conta.  Veja o vídeo aqui.

 

About the Author

Deixe uma resposta

*

Este post foi visto 636 vez(es).