Neoenergia é certificada internacionalmente por práticas antissuborno

Redação – 10.02.2020

Empresa já tinha sido classificada como a mais transparente do Brasil pela ONG Transparência Internacional em 2018

Um dos maiores grupos privados do Brasil, a Neoenergia atua em 18 estados e atende cerca de 34 milhões de pessoas com serviços de geração, transmissão e distribuição de energia. Apesar de grande, companhia tem investido forte em práticas anticorrupção e já foi premiada, em 2018, como empresa mais transparente pela ONG Transparência Internacional. Agora, ela recebe um reconhecimento inédito no país.

Desde a semana passada, a Neoenergia oficialmente foi certificada pelas práticas antissuborno, atendendo as especificações da norma ISO 37001, que reconhece organizações engajadas com ações antissuborno e anticorrupção, risco e conformidade em todo o mundo. A certificação foi obtida após análises de processos internos e reforça o comprometimento da companhia com a gestão transparente e tem validade de três anos, com manutenções anuais.

“Essa nova certificação coloca a Neoenergia em um patamar diferenciado entre as empresas brasileiras com relação à gestão anticorrupção e suborno, reconhecendo as melhores práticas em compliance, além de incentivar a fidelidade de todos os colaboradores aos nossos valores, com um importante destaque para a ética”, enfatizou Roberto Medeiros, superintendente de Compliance da Neoenergia.

A ISO 37001 foi obtida após um processo de auditoria de indicadores, normativos e regulamentações internas. A existência de um canal aberto para denúncias, anônimo e disponível para todos os colaboradores, assim como uma rígida estrutura de gestão de informações e dados foram alguns dos fatores atestados em entrevistas realizadas com funcionários e executivos e que chancelaram a conquista da ISO 37001.

Além da ISO e do reconhecimento da Transparência Internacional, a Neoenergia conquistou por três vezes consecutivas o Selo de Empresa Pró-Ética (da Controladoria-Geral da União (CGU) e Apex-Brasil), reforçando uma cultura de Compliance, que adota como práticas no combate à corrupção a transparência, a seriedade e o comprometimento da organização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *