Novo satélite reforça acesso à banda larga no país

Da Redação – 06.01.2017 –

Lançamento acontece no dia 05 de março na Guiana Francesa. Projeto envolveu Embraer, Telebras e a europeia Thales Alenia Space

O Satélite Geoestacionário para Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC) tem uma missão dupla: ao mesmo tempo em que reforça a infraestrutura de suporte ao Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), o equipamento também representa a implementação de um sistema seguro de comunicações via satélite para as Forças Armadas. Previsto para ser lançando no próximo dia 05 de março, na Guiana Francesa, o SFDL foi uma parceria entre a Thales Alenia Space e a joint-venture Visiona, criada pela Embraer com a Telebras.

O acordo de desenvolvimento do SGDC foi assinado em 2013 pelas três empresas e faz parte do plano de desenvolvimento da Agência Espacial Brasileira (AEB), ao mesmo tempo em que atende os requisitos estratégicos do Ministério da Defesa. A AEB e a Thales Alenia Space também assinaram um Memorando de Entendimento (MoU) referente ao projeto de transferência de tecnologia para dar apoio ao desenvolvimento do programa espacial brasileiro.

De acordo com a multinacional francesa, a parceria já rendeu o estabelecimento de uma unidade da companhia no parque tecnológico de São José dos Campos e o treinamento de mais de 30 engenheiros brasileiros em várias técnicas de engenharia espacial, supervisionados pela equipe do programa da Thales Alenia Space. A transferência também resultou no desenvolvimento de um painel de apoio com bateria de alumínio, produzido pela companhia brasileira Cenic e já integrado ao satélite SGDC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *