O crescimento exponencial da Fibracem em meio à pandemia

Rodrigo Conceição Santos (InfraDigital*)Na esteira da demanda vertiginosa de conexões banda larga, a Fibracem registra crescimento intensivo e realiza investimentos para garantir expansão dos negócios. Entrevista Especial com Erick El-Jaick.

Um estudo da consultoria KPMG confirma a informação após avaliar os 40 principais setores da economia brasileira, após um ano do início da pandemia. A avaliação leva em conta não só o crescimento desses mercados, mas também os desafios impostos para que cada um deles obtenha melhores avanços daqui em diante.

Nas telecomunicações, os desafios apontados foram: a gestão da crise e envolvimento estratégico do setor com o governo, no intuito de tratar da essencialidade do serviço; A preparação e alocação de recursos para implementação do 5G no Brasil; A melhoria nos serviços de experiência do consumidor e de prevenção às fraudes; e, em destaque a maior liquidez através da venda de ativos e consolidação dos provedores regionais de telecomunicações.

Fibracem cresce 60% nos primeiros quatro meses do ano

Nesta entrevista especial da Iniciativa InfraDigital, Erick El-Jaick, diretor da Fibracem, empresa nacional que tem como principal atividade o fornecimento para o setor de telecomunicações, fala sobre o maior período de demanda do setor de telecomunicações, especialmente por parte dos provedores de acesso à internet (ISPs).

Em maio, a Fibracem anunciou crescimento de 60% nos quatro primeiros meses do ano, em relação ao mesmo período de 2020, confirmando o bom momento do setor de telecomunicações.

Há pouco tempo, a companhia também inaugurou uma segunda unidade fabril em Linhares, no Espírito Santo, de onde conseguiu a ampliação da capacidade de produção em 25%

Para o segundo semestre de 2021, a empresa planeja ampliar o relacionamento com distribuidores, através de uma plataforma de Ensino à Distância para treinamento através de vídeo aulas, o que é um sinal claro de quem quer ampliar a capilaridade no mercado, em resposta ao avanço do setor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *