OAS avança no pedido de empréstimo de R$ 800 milhões

Crédito cedido por investidora canadense ainda depende de aprovação da Justiça brasileira.

Da Redação 19.05.2015

O Grupo OAS apresentou ontem ao juiz responsável pela recuperação judicial da empresa o pedido de aprovação de aporte acordado com a Brookfield Infrastructure, gestora de ativos canadense. O empréstimo (de até R$ 800 milhões) será concedido na forma de linha de crédito debtor-in-possession (DIP). A operação espera aprovação da Justiça brasileira.

Investidora canadense oferece R$ 800 milhões de empréstimo à OAS

“Assim que tivermos a aprovação da Justiça para a operação com a Brookfield, os recursos serão utilizados para dar continuidade a nossas atividades de construção pesada – que até agora não foram afetadas pelo processo de recuperação judicial e prosseguem normalmente -, pagar nossos fornecedores e preservar os 100 mil empregos, diretos e indiretos, que geramos”, afirma Diego Barreto, diretor de Desenvolvimento Corporativo.

O empréstimo DIP prevê que a OAS ceda como garantia do financiamento parcela de participação do grupo na Invepar, empresa que atua na gestão e operação de projetos de infraestrutura em transporte no Brasil e no exterior. A Brookfiled também expressou sua intenção de adquirir o ativo final do processo de recuperação judicial.

Até o dia 22 de junho, o grupo vai submeter a seus credores o plano de recuperação, que incluirá a possibilidade de venda da participação na Invepar, além dos outros ativos: OAS Empreendimentos, OAS Óleo e Gás, OAS Soluções Ambientais, OAS Arenas (gestão), Estaleiro Enseada e OAS Defesa. Até 18 de setembro, deverá ser convocada assembleia geral de credores para votar o plano de recuperação judicial.

Deixe uma resposta

*

Este post foi visto 858 vez(es).