Programa de mentoria digital do Senai visa fazer empresas avançarem à Indústria 4.0

Redação – 03.09.2021 – Instituição lança metodologia que promete aumentar produtividade das indústrias utilizando tecnologia, sensores e capacitação de profissionais

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) lançou o Programa de Mentoria Digital, um serviço de consultoria para empresas traçarem um caminho para a Indústria 4.0. A iniciativa faz parte da segunda etapa prevista no Programa Brasil Mais, uma iniciativa do governo federal coordenado pelo Ministério da Economia, com gestão operacional da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI). A execução fica a cargo do Senai e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

As empresas interessadas podem fazer a inscrição pelo site do Brasil Mais e optar pelo eixo melhores práticas produtivas, que é a consultoria realizada pelo Senai. A ação visa aumentar a produtividade e competitividade das empresas brasileiras, com a promoção de melhorias rápidas, de baixo custo e alto impacto. 

A Mentoria Digital tem o objetivo de transferir conhecimento à indústria por meio de sensoriamento, aprendizagem à distância, aperfeiçoamento profissional de colaboradores, inserção de sensores na linha de produção, software para visualização de dados coletados e orientação presencial de consultor. 

Ao todo, são 70h de aprendizagem, consultoria e implementação. Com engajamento, as empresas melhoram a qualidade dos produtos, reduzem o tempo de entrega aos clientes, e estabelecem um processo de inovação contínuo com consequente aumento da produtividade. 

Aumento de produtividade

Desde 2018, o Senai realiza projetos pilotos de Digitalização e Conectividade, com empresas que já haviam feito seu programa de mentoria. De acordo com a instituição, as participantes apresentaram ganho de produtividade de 52,1%. Com a implantação de metodologias de sensoriamento e conectividade do chão de fábrica, essas empresas tiveram mais um aumento médio de 25% com a gestão da produtividade. 

A empresa TSEA Energia S/A realizou, em 2019, a Mentoria Digital em sua unidade de Contagem (MG), que teve um ganho de produtividade de 17%, além de uma economia de R$ 500 mil por ano obtidos com ações de organização de processos internos. 

O coordenador da Engenharia de Processos da TSEA, Guilherme Ferreira, relembra que durante a consultoria a empresa identificou diversos desperdícios no processo produtivo, como também problemas em equipamentos e mão-de-obra. “Investir em ações como essa nos permite enxergar problemas que antes não tínhamos dimensão, além de proporcionar tomadas de decisões, eliminação de desperdícios e manutenções preventivas dos equipamentos.” 

Como irá funcionar a Mentoria Digital pelo Senai?

O Senai realizará uma mentoria em digitalização de processos, que conectará um equipamento em uma plataforma MES (Manufacturing Execution System). Com os dados gerados pela plataforma, as empresas terão informações em tempo real. O tempo de mentoria é de 70 horas, executadas em cinco meses. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *