Sabesp investe R$ 217 mi em esgotamento sanitário no interior

Da Redação – 29.09.2016 –

Montante compreende aporte dos últimos quatro anos em obras de esgotamento sanitário

A Sabesp, companhia de saneamento paulista, aplicou cerca de R$ 217 milhões em obras de esgotamento sanitário na bacia hidrográfica Sorocaba/Médio Tietê nos últimos quatro anos. Segundo a companhia, esse tipo de investimento tem garantido a despoluição de rios e córregos de várias cidades do interior paulista que são afluentes do Rio Tietê, incluindo as bacias hidrográficas de Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ), Águas de São Pedro, Cabreúva, Campo Limpo Paulista e Elias Fausto, além das cidades de Itupeva, Monte Mor e Várzea Paulista.

De acordo com a Sabesp, os investimentos realizados em saneamento básico nos últimos anos já tem repercutido em melhorias dos afluentes do mais famoso rio do Estado. Um exemplo recente é o Rio Lavapés, da bacia hidrográfica Médio Tietê/Sorocaba, manancial que corta parte central do município de Botucatu. Nesse caso, o Rio Lavapés foi promovido da classe de qualidade de água de 4 para 3, de acordo com os critérios da Resolução Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente).

O trecho considerado do rio compreende 2,8 km de extensão da nascente até a sua confluência com o Córrego do Debruado. O programa envolveu a coleta e o afastamento de esgoto, fundamental para o reenquadramento da classe do Rio. Com isso, foi possível aproveitar a água do manancial para o abastecimento da cidade de Botucatu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *