Usina termelétrica da Florida adota turbina a gás mais moderna da GE

Redação – 08.10.2019 –

Segundo fabricante, planta da Florida Power & Light será uma das usinas de energia mais eficientes do mundo de sua categoria

A tecnologia das turbinas a gás HA, da GE, já completou 28 anos, mas continua em evolução. A atualização mais recente é a 7HA.03, que será ativada na usina de energia da Florida Power & Light, no estado sulino dos Estados Unidos. No Brasil, para exemplificar, 3 turbinas da geração imediatamente anterior, a 7HA.02, serão instaladas na UTE Porto de Sergipe da Centrais Elétricas de Sergipe (Celse), que será a maior termoelétrica a gás natural do país com capacidade de atender até 15% da demanda energética do Nordeste quando entrar em operação em 2020.

Voltando à nova linha de turbinas, as diferenças estariam na maior capacidade e desempenho, maior flexibilidade e menores custos de capital e tempo de instalação. A 7HA.03 oferece 134 MW a mais do que a turbina a gás da GE 7HA.02 (a da Celse, citada acima), adicionando energia equivalente para alimentar 100.500 residências nos EUA, enquanto aumenta a eficiência em 0,4%, economizando cerca de US$ 900.000 por ano para os operadores de usinas de geração de energia nos EUA.

A 7HA.03 oferece vários novos recursos de design, extraídos de outros projetos HA: uma lâmina R1 maior feita em titânio permitirá maior fluxo de ar e potência, enquanto a adoção do sistema de combustão DLN 2.6e da GE – o primeiro do tipo em uma turbina a gás GE 60Hz – oferece temperaturas de combustão mais altas, mas mantendo a conformidade de emissões.

Já a capacidade de diminuição da carga para 30% enquanto ainda opera em conformidade com as emissões, e combinado com uma taxa de tomada de carga (ramp rate) de mais de 75 megawatts por minuto – 15 megawatts mais do que o 7HA.02 – aumenta a capacidade dos operadores de usinas para  responder rapidamente  ao mercado e às condições da rede elétrica.

O Centro de Energia Limpa Dania Beach, da Florida Power & Light (FPL), será “uma das instalações mais limpas e eficientes do gênero no mundo”, segundo a GE. A nova instalação também irá produzir outros benefícios, incluindo mais de US$ 300 milhões em economia para os clientes da FPL durante a vida útil do projeto, além de reduções significativas nas emissões atmosféricas por meio da substituição de tecnologias de geração de energia mais antigas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *