Bahia avança em projetos de parceria público privada

Redação – 26.02.2019 –

VLT de Salvador é o mais recente e será construído pelo consórcio formado pela BYD e pela Metrogreen

Segundo balanço publicado na semana passada, a Bahia é o estado que tem o melhor desempenho na assinatura de parcerias público privadas (PPP). O mais recente deles é o do VLT em Salvador, que vai substituir e ampliar o sistema de trens na capital. O projeto foi ganho pelo consórcio Skyrail, formado pela BYD e pela Metrogreen, com investimento previsto de R$ 1,5 bilhão. O valor compreende, entre outros aportes, a ampliação em quase 5 km da atual malha de 13,6 km operada por trens.

Outro projeto recente é a BA-052, cuja modelagem é por Contrato de Recuperação e Manutenção (Crema), estruturada com a participação do Banco Mundial. A iniciativa prevê a recuperação de 548 quilômetros de estradas, além da construção de uma nova ponte de 1,4 km sobre o Rio São Francisco, conectando os municípios de Xique-Xique e Barra. O projeto está em fase de integralização dos recursos financeiros por parte da concessionária vencedora da licitação. Ainda na área viária, e em fase de consulta pública, o projeto da Ponte Salvador-Itaparica (Sistema Viário Oeste) também será feito via PPP.

Entre os projetos já em execução pelo governo baiano, o de maior repercussão é o do Hospital do Subúrbio, a primeira PPP na área de saúde do país e única que inclui os serviços médicos assistenciais. Referência internacional de excelência de gestão, o Hospital do Subúrbio foi inaugurado em 2010 e já recebeu prêmios importantes pela ONU, em 2015, pelo Banco Mundial, em 2013, e pela World Finance and Infrastructure 100, em 2012.

Também na área de saúde já operam no estado os contratos de PPP de Diagnóstico por Imagem e do Hospital Instituto Couto Maia. Outro destaque é o contrato da PPP do Metrô, terceiro maior do país, com 33 quilômetros de extensão. Trata-se do primeiro metrô do Brasil a ligar o aeroporto ao centro da cidade. Completam os contratos em vigor os da Arena Fonte Nova e do Emissário Submarino de Salvador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *