BNDES e Alagoas recebem sete propostas para concessão de água e esgoto em Maceió

Redação com BNDES – 28.09.2020 –

Leilão que levará saneamento a 13 cidades será realizado no dia 30 de setembro

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o estado de Alagoas receberam sete propostas de consórcios interessados na concessão regionalizada dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário da Região Metropolitana de Maceió. O prazo para entrega de envelopes se encerrou nesta sexta-feira. O leilão acontecerá na próxima quarta-feira, dia 30 de setembro, na Bolsa de Valores B3.

O critério para seleção do grupo vencedor será a oferta de maior outorga pela concessão, com o valor mínimo estipulado em R$ 15.125.000,00 (quinze milhões, cento e vinte e cinco mil reais). O consórcio vencedor assume a responsabilidade pela distribuição de água e pela coleta de esgoto para 1,5 milhão de habitantes em 13 cidades da grande Maceió. Para isso, deverá investir um total de R$ 2,6 bilhões em infraestrutura de saneamento básico ao longo dos 35 anos de contrato – R$ 2 bilhões deste total nos primeiros seis anos. A Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), por sua vez, seguirá à frente da captação e do tratamento da água e venda desta água tratada para o concessionário distribuir para os usuários.

O objetivo da concessão é a universalização do serviço de água em seis anos e o acesso à rede de esgotamento para 90% das pessoas até o décimo sexto ano de contrato. Atualmente, 89% da população tem acesso à água e apenas 27% possui tratamento de esgoto sanitário.  O futuro concessionário também deverá cumprir vários indicadores de desempenho de qualidade e eficiência na prestação dos serviços, além de reduzir as perdas de água para no máximo 25%. Hoje, o índice de desperdício é de 59%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *