Brasil e Peru vão integrar redes de telecomunicações

Da Redação – 19.06.2017 –

Acordo para projeto piloto foi assinado na última sexta-feira e prevê interligação nas cidades fronteiriças

Duas cidades peruanas – Iñapari e Iberia – e a brasileira Assis Brasil vão servir de teste para a integração de redes de telecomunicações na fronteira com o Peru. Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o acordo “busca a integração da oferta de serviços de telecomunicações, permitindo a livre circulação de informação, com confiabilidade, segurança, baixo custo e velocidade na comunicação de dados”. Na prática, um dos ganhos é que as ligações entre as três cidades serão locais em vez de serem cobradas como chamadas internacionais.

Ainda de acordo com a Anatel, o acordo deve evitar o chamado “roaming inadvertido” (quando é cobrado o roaming internacional por conta da proximidade das antenas, mas efetivamente o usuário não saiu de sua cidade). Além dos custos, esse tipo de roaming pode também causar interferências prejudiciais à qualidade do serviço.

Os dois países pretendem com o acordo impulsionar os programas que requerem tratamento integrado para atender as necessidades de populações vulneráveis; promover o desenvolvimento das zonas fronteiriças de Brasil e Peru; desenvolver a infraestrutura de integração física e conectividade, incluindo as telecomunicações e o roaming fronteiriço, promovendo empreendimentos públicos e privados e impulsionar o desenvolvimento das telecomunicações na fronteira brasileiro-peruana.

Há previsão de expansão do modelo para outras regiões fronteiriças e demais países da América do Sul com base nos resultados do “projeto piloto”. Já existem negociações para o estabelecimento de acordos parecidos com a Argentina, Uruguai e Paraguai. Está em negociação, ainda, o estabelecimento de acordo entre o Mercosul e a União Europeia que trata, entre outros assuntos, também da redução dos custos de roaming.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *