Brasil e Uruguai avançam em interconexão de energia

Da Redação – 23.09.2016

Tecnologia de High Voltage Direct Current (HVDC) e equipamentos das subestações uruguaias permitem integração e comercialização de energia entre os dois países

A integração de energia entre Brasil e Uruguai ganhou mais uma etapa com o comissionamento de unidades conversoras HVDC, da GE, e também com os equipamentos instalados nas subestações da Interconexiones del Sur (ISUR), do Uruguai. A linha de transmissão de interconexão é de 500 kV e possui 420 km ligando a subestação de Candiota, no Brasil, à subestação de Melo, no Uruguai.

Com a integração, ambos os países ficam capacitados para comprar e vender energia limpa entre si. Segundo a GE, o conversor HVDC back-to-back é necessário porque as redes de energia do Brasil e do Uruguai têm diferentes frequências, 60Hz e 50Hz, respectivamente.

No Uruguai o índice de energias renováveis é de 90%, incluindo predominantemente  hidrelétrica e eólica. Já no Brasil, 80% das necessidades energéticas são atendidas por energias renováveis. Além da comercialização, a interconexão amplia a segurança do sistema elétrico dos dois países e pode até reduzir preços. No caso do Uruguai, o país estima uma economia anual potencial de US$ 200 milhões.

“Conectar os países através dessas supervias elétricas é um elemento chave para garantir a confiabilidade das redes elétricas e a disponibilidade do abastecimento elétrico. A capacidade de comercializar energia renovável vai um passo além na promoção de uma eletricidade de boa relação custo-benefício e sustentável para todos,” afirmou Patrick Plas, gerente Geral de HVDC & FACTS em Grid Solutions, que faz parte da GE Energy Connections.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *