Brasil está próximo dos 28 mi de acesso em banda larga fixa

Da Redação – 28.08.2017 –

Dados da Anatel indicam crescimento de quase 6% entre julho de 2016 até julho passado

O número de acessos em banda larga fixa está chegando aos 28 milhões no Brasil, com destaque para dois protagonistas: os provedores regionais, também chamados de ISPs, e a operadora TIM, que deu um impulso em suas ativações. Os números fechados em julho indicam um incremento geral de praticamente 6% nos últimos 12 meses. Pouco mais de 1,5 milhão de novos acessos foram ativados no período.

De o acordo com a Anatel, “os provedores regionais de banda larga fixa lideraram o crescimento percentual do serviço nos últimos 12 meses, com 989.440 novos contratos (+37,17%)”. O mês de julho desse ano, no entanto, mostrou uma TIM agressiva, com a captação de cerca de 11,5 mil assinantes, o que é um desempenho diferenciado.

Com exceção da BT, que registrou queda de 9.241 assinantes (-28,17%) em 12 meses, todos os outros grupos acompanhados nominalmente pela Anatel apresentaram crescimento. A TIM, ela de novo, liderou o crescimento percentual com 65.659 novos contratos (+20,99%), seguida pela Sky, com 58.695 assinantes (+19,03%) e Cabo, com 12.091 novos usuários (+12,83%).

Na variação entre junho e julho de 2017, não houve queda no número de assinantes nos grandes grupos acompanhados nominalmente pela agência reguladora. Após a Tim, que liderou o crescimento percentual do serviço no período, temos a Sky, com entrada de 8.922 novos contratos de banda larga fixa (+2,49%), e a Sercomtel, com 3.804 novos usuários (+2,23%). Destaque-se que os provedores regionais ocuparam o quarto lugar no crescimento percentual do serviço em julho de 2017, com 66.563 novos contratos (+1,86%).

Regionalmente, o Amapá liderou o crescimento nos últimos 12 meses (julho a julho), com um incremento de mais de 48%, seguido pelo pelo Rio Grande do Norte, com entrada de 48.874 novos usuários (+18,27%), e Ceará, com aumento de 86.975 novos contratos do serviço (+14,41%).

Em números absolutos, São Paulo, com 284.960 novos clientes (+2,99%), Rio Grande do Sul, com 178.456 usuários (+11,13%) e Minas Gerais, com entrada de 172.246 novos contratos (+6,71%), ficaram na liderança do crescimento do serviço.  Nenhum estado brasileiro apresentou queda no número de contratos de banda larga fixa nos últimos 12 meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *