Brasil tem recorde de novas gerações elétricas em 2016

Da Redação – 11.01.2016 –

Em 2016 o Sistema Elétrico Nacional teve 9.526 MW de incremento na capacidade instalada. O volume, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) é o maior registrado desde quando a agência computa, em 1998. Para 2017, a previsão é de incremento de mais 7.120 MW de capacidade instalada.

A fonte de energia que mais cresceu no ano passado foi a de grandes usinas hidrelétricas, com um incremento aproximado de 5.000 MW, representando 53% do total. A segunda fonte com maior capacidade instalada acrescida foi a eólica, com 2.564 MW, 27% do total da capacidade instalada em 2016.

A fonte eólica, no ano, teve um aumento superior a 20% com relação à capacidade instalada em 2015. Até dezembro de 2016, havia 10.092 MW nas usinas eólicas em operação. O estado do Rio Grande do Norte foi o que mais contribuiu para o incremento da potência eólica instalada no país, com cerca de 920 MW, seguido pelo Ceará, com acréscimo de aproximadamente 600 MW, e o estado da Bahia, com 520 MW incrementados.

As usinas termelétricas contribuíram para um acréscimo de 1.758 MW, representada por 18% do total, e as Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) somaram 203 MW, 2% do total, em 2016.

Empreendimentos de destaques:

– UHE Jirau, que concluiu a motorização em novembro de 2016, com acréscimo de 975 MW ao total de 3.750 MW de capacidade instalada

– UHE Belo Monte, que iniciou sua motorização e conta com 1.989 MW em operação comercial

– UHE Santo Antônio, com 652 MW de novas máquinas em operação comercial

– UHE Teles Pires, com 1.092 MW em operação comercial

– UTE Maranhão III, com 518,8 MW em operação comercial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *