BRT da Guatemala amplia uso de tecnologia brasileira

Redação – 28.07.2020 –

Ônibus da Volvo, com carroceria da Marcopolo ganham espaço no sistema de transporte da capital do país centro-americano

A Cidade da Guatemala tem 2,5 milhões de habitantes e cerca de 415 mil deles circula pela capital por meio dos corredores de ônibus rápidos (BRT). Boa parte deve andar pela cidade com veículos fabricados no Brasil, pois a venda mais recente de ônibus da Volvo, com carroceria Marcolopo, totaliza 116 dos 350 veículos atuais. Hoje, o BRT da capital guatemalteca tem 120 km de vias (eram 11 km em 2007), com sete linhas, sendo duas exclusivas para veículos de grande capacidade.

Os novos veículos do Transmetro, nome do sistema de BRT da Cidade da Guatemala, são do modelo Volvo B340M articulado, com capacidade para 180 passageiros. Eles devem entrar em operação em setembro e devem circular por um sistema com 79 estações de embarque/desembarque e 8 terminais de integração entre linhas. A frequência dos ônibus varia de 8 a 12 minutos, em média. A frota de ônibus da marca sueca fabricados no Brasil e usados na Guatemala somam atualmente 2 milhões de km sem intervenções internas no motor.

Por causa da pandemia da Covid-19, a entrega técnica teve que ser feita à distância, de forma virtual. O processo envolveu uma videoconferência para apresentar em detalhes toda a funcionalidade dos ônibus. Em termos de serviços, os ônibus terão cobertura de planos de manutenção Volvo, por meio da Tecun, importador da marca na Guatemala.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *