Caixa lucra R$ 12,7 bi no ano passado e aumenta operações em infraestrutura

Redação – 01.04.2019 –

O balanço até dezembro do ano passado é de R$ 84,3 bilhões somente em infraestrutura. Setor deve continuar no radar do banco, além do crédito imobiliário

O segmento de infraestrutura ocupa um espaço estratégico na Caixa Econômica Federal (CEF), que divulgou o seu balanço oficial na sexta passada (29/3). O banco também continua sendo o grande impulsionador da área de construção imobiliária, com destaque para o programa Minha Casa Minha Vida (MCMV). Vamos aos números.

Em infraestrutura, as operações, incluindo saneamento, obtiveram um incremento de 2% nos últimos 12 meses, alcançando saldo de R$ 84,3 bilhões em dezembro de 2018. Esse segmento está inserido no escopo de atuação estratégica da Caixa, segundo discurso oficial da instituição.

Guimarães, da Caixa: foco do investimento é o setor de infraestrutura e crédito imobiliário

Maior lucro da história do banco foi registrado em 2018

Já o saldo da carteira de crédito habitacional cresceu 3% no mesmo período, totalizando R$ 444,7 bilhões em dezembro de 2018. Desse volume, R$ 265,2 bilhões foram concedidos com recursos FGTS e R$ 179,4 bilhões com recursos Caixa/SBPE. A Caixa detém a liderança desse mercado com 68,8% de participação. Até dezembro de 2018, foram contratados R$ 62,5 bilhões no MCMV pelo banco.

No ano passado, a Caixa atingiu o maior lucro líquido recorrente de sua história, fechando com R$ 12,7 bilhões, um incremento de 40,4% em relação a 2017. Segundo o presidente da instituição, Pedro Guimarães, o foco do banco (além do crédito consignado) envolve três áreas:  crédito habitacional, investimentos em infraestrutura e incentivo a pequenos empreendedores. Segundo ele, as grandes empresas deixaram de ser prioridade para a instituição, devendo buscar recursos no mercado de capitais. O executivo informou ainda que o banco vai retomar fortemente os empréstimos para casa própria com recursos da caderneta de poupança (SBPE).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *