Celular, estilo Rambo, entra no mercado de concreto

Por Rodrigo Santos – de Las Vegas – 23.01.2018 –

Fabricado pela Kyocera para clientes da operadora americana Sprint, dispositivo tem a resistência típica de equipamentos de uso militar

Para os aficionados em cinema de aventura, o personagem Rambo foi um marco da década de 1980. Se a telefonia celular, com recursos de rádio, estivesse disponível na época, é provável que Sylvester Stallone, o ator que interpretava o herói, adotasse um aparelho similar ao DuraTR da Kyocera. Oferecido aos assinantes da Sprint, o celular faz jus ao nome e é duro na queda, com grau de resistência para operações militares. Pronto para operar em redes 4G-LTE, ele disponibiliza os serviços de PTT, sigla em inglês, para “aperte para falar”, recurso de rádio profissional usado em telefonia celular. Pelo plano da operadora, o aparelho poderá ser adotado por US$ 13,50 ao mês.

O design do DuraRT é similar ao dos rádios de walkie-talkie bidirecionais, o que o torna ideal para comunicação em grupo. Essa é, inclusive, a pegada da tecnologia, ao usar a infraestrutura de cobertura nacional da Sprint: um celular que funciona como rádio e dispensa as chamadas redes de rádio convencionais (Land Mobile Radio). Empresas do setor de concreto, por exemplo, podem dotar suas equipes com o aparelho – e com o plano da Sprint – e passam a ter duas infraestruturas em uma só rede.

O dispositivo tem uma capa emborrachada, com material certificado para os padrões militares (810G) para proteção contra pó, choque, vibração, temperaturas extremas, chuva, baixa pressão, radiação solar e umidade, além de brisa marinha. Ufa. Ele também está protegido para situações de imersão em água com profundidade de até 2 metros, durante um período de 30 minutos. Para operar em áreas barulhentas, o dispositivo tem um microfone com amplificador inteligente que otimiza a comunicação via PTT.

Além do hardware em si, a Kyocera habilita o celular com dois aplicativos já embutidos. São eles o StreetSmart Mobile Workforce e o Encore. O primeiro gerencia a força de campo por meio de dados como localização inteligente e alertas móveis. Já o Encore é uma plataforma baseada na nuvem para despachos de campo, agendamentos e gerenciamento de ativos. Outro recurso – oferecido pela Sprint – é o sistema de alertas móveis de urgência, ativado com uma chave dedicada.

O jornalista Rodrigo Santos, publisher do InfraROI, cobre a edição 2018 da WOC a convite da Informa Exhibitions, organizadora do evento e parceria de mídia do site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *