CommScope lança solução que atende conexão de small cells

Da Redação – 15.03.2018 – 

Sistema tem redes locais como mercado principal em distâncias de até 3 km e já funciona no Brasil em planta de papel e celulose

Apesar do avanço da mobilidade e da facilidade das redes sem fio, a infraestrutura de telecomunicações precisa das redes fixas em vários momentos. É o caso pontos de acesso com tecnologia Wi-Fi e das chamadas smalls cells, as pequenas estações rádio base que complementam a cobertura das operadoras móveis. Esse é o foco do Powered Fiber Cable System ou sistema de cabeamento energizado da CommScope. Energizado porque ele atende tecnologias PoE, da sigla em inglês para Power over Ethernet, ou seja, que não precisam de uma linha de energia convencional para serem ativados. Além da interligação entre redes sem fio, a nova solução também pode ser usada como parte de redes fixas em fibra óptica. Em todos os casos, o alcance é de 3 km.

Segundo Eduardo Venturini, gerente de Engenharia de Aplicação em Campo da CommScope, a tecnologia resolveria os problemas de pontos cegos em redes externas. E ele lista o rol de desafios, a começar com o problema para instalar o equipamento ou a dificuldade de obter licença para utilizar a energia da concessionária local para alimentar o dispositivo, seja uma câmera, um ponto de acesso Wi-Fi ou uma small cell.

O Powered Fiber Cable System também resolveria os problemas de instalação de novas linhas de energia AC, que depois precisa ser convertida para DC. “Além disso, dependendo do ambiente ou solução é necessário módulos de proteção e baterias. O Powered Fiber Cable System da CommScope é uma solução que supre essas deficiências”, argumenta o especialista.

Tecnicamente, a solução envolve um cabo híbrido, resistente, flexível e fácil de instalar, em função de sua construção ter condutores de cobre e a fibra óptica com raio de curvatura reduzido. Outra característica é o design Easy Peel que permitiria uma implantação rápida sem a necessidade de ferramentas especiais para instalar. O alcance dos enlaces também é uma vantagem, sendo 30 vezes maiores do que as soluções convencionais de acordo com a CommScope.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *