Como a CPFL Energia aumentou seu lucro em 81%

Da Redação – 17.05.2018 –

Segundo a companhia, o resultado combinou o bom desempenho nas áreas de geração e distribuição e a redução de custos 

Autointitulado o maior grupo privado de energia do país, a CPFL Energia fechou o primeiro trimestre com um lucro de R$ 419 milhões. O valor é 81% maior do que o montante registrado no mesmo período do ano passado. A empresa vivenciou a melhoria da economia, o que impactou o consumo e mais demanda da área de distribuição de energia, além de otimizações em custos operacionais e financeiros.

O volume de energia distribuído pelas concessionárias do grupo em 679 municípios de São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Paraná teve alta de 2,9% na comparação entre o primeiro trimestre de 2018 e os três primeiros meses de 2017. Em volume, isso representa 17,2 mil GWh. Destaque, segundo a empresa, para o aumento de 12,8% do volume faturado de clientes livres, puxado pela indústria.

Os investimentos totalizaram R$ 426 milhões no período, envolvendo os negócios de geração, distribuição, comercialização & serviços e transmissão. Para este ano, a previsão do grupo é investir R$ 2,1 bilhões, com parte do plano de investimento de R$ 10,4 bilhões entre 2018 e 2022.

A receita líquida registrou aumento de 15,1% no mesmo intervalo de comparação, para R$ 6,4 bilhões. A geração de caixa medida pelo Ebitda teve alta de 14,3%, alcançando R$ 1,36 bilhão. As despesas com pessoal, material, serviços e outros (PMSO) tiveram queda de 9,4%, para R$ 687 milhões. O grupo ainda registrou diminuição de 29,5% na despesa financeira líquida, para R$ 308 milhões, beneficiada pela redução do custo da dívida com a queda da taxa de juros.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *